UFSJ está entre as três universidades públicas com maior produção de impacto

Sexta, 06 Setembro 2019

A Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ) é a segunda universidade pública do Brasil com destaque no quesito “produção de impacto”, que examina a pesquisa científica produzida por instituições de ensino superior. O dado é do relatório divulgado pela empresa Clarivate Analytics. 

O panorama foi traçado por meio de investigação da produção científica nacional entre os anos 2013 e 2018. A avaliação de impacto de produções acadêmicas é examinada há anos, visto que faz referência à influência efetiva das pesquisas brasileiras em âmbito internacional. 

Ainda sobre essa avaliação, é interessante perceber o destaque das instituições presentes no interior do país. A UFSJ figura em segundo lugar, ficando atrás apenas da Universidade Federal do ABC (UFABC).


grafico 1


O indicador utilizado durante esse relatório é o de Impacto de Citações Normalizado por Categoria (CNCI, em inglês). Nas notas segmentadas da UFSJ, se destacam os quesitos Ciências Exatas e da Natureza (2,53), Ciências Agrícolas (1,29) e Engenharia (0,95). No geral, a instituição obteve conceito 1,54. O CNCI médio global é 1,0.

NEAD marca presença em produção institucional

O Núcleo de Ensino a Distância da UFSJ (NEAD UFSJ) tem se empenhado em estar presente na produção e divulgação de pesquisas nas mais diversas áreas. Nas últimas semanas, por exemplo, duas reportagens tratam do assunto. Confira:


A primeira matéria trata sobre os trabalhos dos ex-alunos do curso de Administração Pública (ADMP), Sandro Alexandrini Mello de Oliveira e Josyane Silva. O artigo de Sandro aborda as vantagens financeiras obtidas nos processos licitatórios, executados por meio dessa modalidade de pregão, do 4º Grupo de Artilharia Antiaérea. Já o trabalho de Josyane, trata sobre a atuação do Conselheiro Municipal de Assistência Social na cidade de Conselheiro Lafaiete (MG), bem como a estrutura de um Conselho e as suas decisões, analisando a sua efetividade como instrumento de contribuição na gestão de políticas públicas. Ambos os artigos foram redigidos a partir do Trabalho de Conclusão de Curso dos respectivos estudantes.

A segunda , por sua vez, teve o título “O uso de novas tecnologias de informação e comunicação (NTICS) no ensino: a utilização do Whatsapp no curso de Administração Pública modalidade a distância” e foi publicado pelos docentes do NEAD Cláudia Nazaré dos Santos, Maria do Carmo Santos Neta e Pablo Luiz Martins. Esse trabalho foi realizado por meio da experiência de orientação do Trabalho de Orientação de Curso (TCC) em ADMP.

A coordenadora geral do NEAD UFSJ, Elisa Tuler de Albergaria, tem destacado o esforço contínuo do Núcleo para que seja oferecido um ensino inclusivo e de qualidade nos diversos pólos em que o NEAD atua. “Acredito que esse esforço esteja impactando a vida de muita gente, da sociedade como um todo. A qualidade do nosso ensino ficou bastante evidente na última avaliação feita pelo MEC, onde conseguimos o conceito 4,4 em 5. Notícias como essas só nos fazem acreditar que estamos no caminho certo”, finalizou.